Você pensa que me conhece

Do grupo de amigos, colegas de trabalho, familiares, membros da comunidade, posso afirmar que poucos me conhecem como minha parceira, mulher, esposa, sei lá como definir o papel de alguém tão importante. Mas, além dela nem eu mesmo posso afirmar que me conheço, e, desconfio de todos que afirmam conhecer a si mesmo. Digo isso, pois inúmeras vezes julgo minhas atitudes, falas e pensamentos como se não pertencessem a mim mesmo. É como se eu pensasse ser uma pessoa totalmente diferente da que realmente sou. E quem eu realmente sou?
Essas questões são o mote de um sem número de peças teatrais, romances, filmes, inquietações filosóficas e, também, pesquisas psicológicas. Segundo Gonzales e Furtando, em “Por uma epistemologia da subjetividade”, o sujeito (portanto, eu) somos a síntese do particular e do universal, mais que isso, a subjetividade de um ser passa pela relação objetiva de suas ações, desenvolvidas pelo psiquismo humano constituído em consciência, atividade e afetividade.
Tendo isso em mente, posso afirmar que se eu me conhecesse de fato ,talvez não conseguisse viver. Essa projeção da ideia de que eu sei quem sou é tão frágil que diante de uma tragédia familiar não posso afirmar quais seriam minhas atitudes e, isso por si só, revela a fragilidade do “eu”.
É no outro que eu me vejo. Isso não quer dizer o puro e simples pensar o outro como reflexo de mim, mais que isso, diante da postura do outro eu preciso me posicionar, e portanto, sofrer. A favor, contra, “não quero pensar sobre isso”, qualquer uma dessas opções expôe minhas sombras, desejos, aspirações, expectativas. Mas é óbvio que tudo isso se passa dentro de mim, por que na interação com o outro, é impossível “ser você mesmo”. A própria imagem de mim mesmo é reproduzida ou por espelhos, imagens ou os olhos do outro. E, assim sendo, ainda estou no primeiro estágio que Santo Agostinho propôs: “Conhece-te, aceita-te, supera-te.”

Anúncios

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. Davi
    set 22, 2011 @ 01:10:24

    !!!!!!!!!!!!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: