Interferência

Existem pessoas que projetam a felicidade naquilo que não ainda não possuem.  O emprego ideal, o marido ideal, o carro ideal, tudo pode servir para preencher o vazio que sentem. Seu estilo de vida se resume a acumular, reter, ganhar. O que há de mal nisso? Nada, o problema está em perceber que você tem nunca terá tudo o que quer. São antipáticos, vivem a cultura da falta. Cobiçam, invejam e possuem até uma filosofia: o que é teu, é meu.

Os que optam pela indiferença assumem que já possuem tudo o que precisam e desenvolvem uma superioridade insuportável. Suas necessidades nunca são conhecidas por ninguém, afinal são auto-suficientes. O que não notam é que se abstraem e passam a viver uma realidade alternativa, são completamente apáticos, sem alegria. Num primeiro olhar não chamam nem atenção. Sua filosofia de vida: o que é teu é teu, o que é meu é meu”.

Outro grupo de pessoas, odiado e invejado por muitos, percebem que a vida não é só isso aqui que vivem aqui. Entendem que deve existir um significado maior pra tudo e buscam esgotar a possibilidade de viver uma vida que vale a pena. Interferem na vida dos outros, pois distribuem compaixão, se oferecem para ajudar, sem acepção, são incapazes de jogar uma lata de refrigerante na rua, que dirá um papel de bala. Esses seres humanos não são personagens de filme, romance ou quadrinhos. O cara que levantou para dar lugar para uma senhora no metrô é real. O menino que convida o rejeitado para o seu time de futebol na várzea existe. A mulher que trabalha, estuda e ainda doa seu tempo para distribuir sopas nas ruas de São Paulo de madruga é de carne e osso. Sua filosofia de vida é: “O que é meu, é teu”

É claro, não vamos nos encaixar em nenhum desses perfis. Afinal, usamos o relativismo para explicar o porquê de não nos identificarmos com nenhuma das representações dadas acima. Sempre temos uma explicação pra tudo e pra todos.

Anúncios

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. Trackback: Tweets that mention Interferência « contraposição -- Topsy.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: